Veículos novos
Fale conosco pelo WhatsApp
Vendas: (51) 99856 7701
Peças: (51) 98101-9468
Assistência Técnica:
(51) 98204-9741
Compartilhe em:

up! TSI é o veículo com motor flexível mais econômico do País, conforme ranking do INMETRO


Modelo é o melhor em consumo energético entre todos os veículos equipados com motor flexível (1,44 MJ/km, média E22/E100) *Base PBE Julho de 2015. Up! TSI é equipado com o novo motor 1.0l Total Flex de três cilindros, com até 105 cv (E100). Novo motor 1.0 TSI Total Flex é o mais avançado da Volkswagen no Brasil e o primeiro motor com injeção direta, turbocompressor e tecnologia flexível produzido no País. Mercado brasileiro é primeiro no mundo a oferecer o up! com o novo motor 1.0 TSI Total Flex, que segue os mais rigorosos padrões de robustez e qualidade do Grupo Volkswagen. up! TSI traz de série em todas as versões ar-condicionado, direção elétrica e vidros e travas elétricos

 

 

O up! TSI é o carro com motor flexível mais econômico do País entre todos os avaliados no ranking do PBE (Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular) do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), obtendo a classificação “A” (verde), com a excelente marca de consumo energético de 1,44 MJ/km.

O resultado está no ranking atualizado divulgado pelo INMETRO. O up! TSI consegue esse feito sem abrir mão do conforto: o modelo foi avaliado com ar-condicionado e direção assistida (elétrica), e superou inclusive modelos que não trazem esses recursos. O PBE estabelece que, se a fabricante planeja comercializar mais de 33% dos veículos com ar-condicionado e direção assistida, o consumo de energia desses equipamentos deve ser considerado para obtenção dos resultados.

Os números de consumo de combustível, declarados conforme a Portaria INMETRO nº 10/2012, que aplica fator de correção aos dados obtidos durante os testes, segundo norma NBR 7024, são de até 13,8 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22). Com etanol (E100) no tanque, o up! TSI é capaz de percorrer 9,6 km/l na cidade e 11,1 km/l na estrada.

Multiplicando-se esses excelentes números de consumo pela capacidade do tanque de combustível, de 50 litros, é possível ter a excelente autonomia de mais de 800 quilômetros (abastecido com E22 e medido conforme NBR 7024, corrigido pela Portaria INMETRO nº 10/2012).

Linha “verde”

Com o excelente resultado obtido pelo up! TSI, toda a família up! passa a contar com classificação “A” (verde). Em janeiro deste ano, os modelos equipados com o motor MPI, 1.0l Total Flex de três cilindros de até 82 cv (E100), já haviam conquistado essa classificação no PBE do INMETRO.

O up! com motor MPI e câmbio manual de cinco marchas atingiu o consumo energético (média E22/E100) de apenas 1,54 MJ/km (versões take, move, high, black, red e white), conforme norma NBR 7024.

O up! é capaz de rodar até 13,5 km/l na cidade e 14,6 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22) e até 9,2 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada, com etanol (E100), valores obtidos conforme norma NBR 7024 e corrigidos pela Portaria INMETRO nº 10/2012.

Nas versões equipadas com a transmissão I-Motion, o up! atingiu o consumo energético (média E22/E100) de apenas 1,55 MJ/km. O up! I-Motion é capaz de rodar até 13,2 km/l na cidade e 14,8 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina (E22) e até 9,2 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada, com etanol (E100).

Volkswagen é pioneira em testes de emissões

Pioneiro na indústria, o laboratório de emissões da Volkswagen do Brasil – inaugurado em 1976, 10 anos antes de existir no Brasil a lei de controle de emissões de gases (Proconve – Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores) – destina-se a medir os gases emitidos pelos veículos produzidos pela marca no Brasil e Argentina para o desenvolvimento, homologação e controle de produção.

No teste de emissões, realizado no Laboratório de Emissões da fábrica Anchieta, o veículo roda no dinamômetro de chassis e “percorre” um caminho que simula condições reais do trânsito, com acelerações, frenagens, ultrapassagens, congestionamentos e paradas nos semáforos.

Os veículos rodam em várias condições, como partida com o motor frio, com motor aquecido e com temperaturas mais elevadas. Em um tubo colocado no escapamento do veículo, os gases são coletados e analisados com o objetivo de desenvolver motores cada vez mais com foco na preservação do meio ambiente. Diariamente, os especialistas analisam os gases emitidos por protótipos e veículos de produção em série, bem como avaliam o consumo de combustível.

Recentemente, a Volkswagen do Brasil investiu R$ 50 milhões em 12 novos equipamentos e na ampliação do Laboratório de Emissões e do Laboratório de Motores na Anchieta. Iniciado em 2011, o investimento inclui novos dinamômetros de bancada (estático, para motores) e de chassis (dinâmico, com o carro em movimento), entre eles o primeiro dinamômetro da indústria brasileira para testes em veículos 4X4.

Participação no PBE

A Volkswagen foi uma das primeiras fabricantes a participar do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, participando desde o começo da iniciativa, em 2009. É também a empresa com o maior número de modelos e versões inscritos no programa: no ranking de julho há 74 modelos e versões da marca. No total, o ranking do PBE abrange 36 marcas, com 613 modelos e versões.

O programa é uma inciativa do INMETRO, do Conpet (Programa Nacional de Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural) e do Ministério de Minas de Energia, com o apoio da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Automóveis) e da Abeifa (Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores). Os veículos participantes do programa recebem certificação de “A” a “E” – sendo a indicação “A” a que representa a melhor eficiência energética.

Fonte: Jacson Miguel Stülp - CaseMKT - com informações da VW

 



Itens relacionados:

Array ( [2] => 0.029700994491577 [3] => 0.18757200241089 [4] => 0.19385480880737 [5] => 0.56431794166565 [6] => 0.58813881874084 [7] => 0.58823180198669 )

Array ( [1] => A [02:14:52][1632028492.2993]\n [2] => BA [02:14:52][1632028492.329]\n [3] => BX [02:14:52][1632028492.4868]\n [4] => CA [02:14:52][1632028492.4931]\n [5] => CB [02:14:52][1632028492.8636]\n [6] => CC [02:14:52][1632028492.8874]\n [7] => CD [02:14:52][1632028492.8875]\n )